quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Fico doente quando vejo alguém roer as unhas.
Fervo, deito fumo, revira-me o estômago.
Pronto, já disse.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Magia

Vai um mágico sozinho à minha frente no comboio a treinar truques com um baralho de cartas.
I couldn't help but wonder: " será que ele me consegue fazer desaparecer?!"

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Life is beautiful





Ia cair na estupidez de fazer um post com o título "2013" e escrever sobre tudo o que quero ser fazer este ano e blá blá blá.
Em vez disso, vou falar de quem eu quero ser.
Quero voltar a ser feliz. Sair do poço sem fundo onde fui parar. da escuridão da minha cabeça, dos meus medos mais profundos.
quero aceitar-me como sou, com todos os meus defeitos para deixar de sentir aquele ódio corrosivo por pessoas felizes. quero gostar delas, se elas gostarem de mim.
Quero respeitar o próximo, para que ele me respeite a mim.
Vou viver. Vou sentir. Vou criar. Vou amar. Vou falar em vez de carregar este peso no peito.
Vou respirar, correr, saltar e nessa altura vou coseguir rir, uma coisa tão simples não é?



quinta-feira, 4 de outubro de 2012

I told you I was fucked up



Primeiro, informo que vos escrevo sob o efeito de um comprimido que é suposto atirar um elefante ao chão em segundos e eu ainda aqui ando. Portanto, algumas coisas que eu possa escrever talvez não façam sentido nenhum para vocês mas este é o meu blogue e eu vou escrever o que me vai na alma.

Começo pela morte da minha avó. Já passaram quase duas semanas mas para mim ainda parece que foi ontem. Foi ontem que segurei na mão dela durante horas que pareciam minutos, que lhe dei beijinhos, que a vi abrir os olhos pela última vez, que lhe disse que a amava, que lhe pedi desculpa por todo o tempo que devia ter passado com ela e não passei porque estava mais ocupada com o meu trabalho, com as minhas roupas, com as minhas merdas. Que lhe agradeci todos os almoços e jantares que me fez (sempre o meu prato preferido, independentemente de quantas vezes seguidas já o tinha comido), tudo que me ensinou, todas as vezes que me fez chá, que me curou dores de ouvidos com azeite quente e que fez xarope de cenoura para curar a minha tosse.

A morte da minha avó fez-me perceber o egoísmo com que passamos as nossas vidinhas de casa-trabalho-casa. Há tanto mais para ver, há tanto mais para fazer. Mas a sociedade ensinou-nos que devemos passar mais de metade da nossa vida dentro de um escritório em troca de dinheiro que não chega para pagar o nosso conforto, o conforto dos nossos filhos, o futuro dos nossos filhos. E isso leva-me a pensar o que raio estamos todos aqui a fazer, que palhaçada é esta?

Eu sempre fui trabalhadora, sempre vesti a camisola e felizmente trabalho numa empresa que me dá valor, que me recompensa, que me ajuda, que me compreende, que está lá quando é preciso. Não me posso dar ao luxo de abdicar disso nos dias que correm mas a verdade é que nada lá faz sentido. Vou voltar para lá, atender telefones, enviar emails, ser obrigatoriamente simpática para todos (quer queira, quer não), bem arranjada, unhas e cabelo impecáveis, quando na realidade se calhar me apetecia estar de galochas a trabalhar a terra e disfrutar do prazer que é ver o retorno que ela nos dá, seja com flores, alfaces ou batatas. Ou a dançar, dançar um dia inteiro, inventar coreografias, ensaiar até ao último detalhe.

Eu sei que não estou sozinha nestes pensamentos, não descobri a pólvora.

A questão é que 90% da população acomoda-se e não vive, passa apenas pelos anos. Eu não quero que isso aconteça comigo, eu quero viver, eu quero arriscar. Eu quero dar mergulhos à noite e ver o céu estrelado se isso me fizer feliz naquele momento. Eu quero viajar, eu quero ajudar quem precisa e deixar de ser egoísta. Quero respeitar os gostos e as decisões dos outros, desde que não interfiram em nada na minha felicidade.

Eu não quero saber o que os outros vão pensar de mim se as minhas acções não forem de encontro àquilo que a sociedade definiu como sendo correcto.

Neste momento, eu sou a minha primeira prioridade. A única.

Tenho objectivos bem definidos na minha cabeça e tenho a certeza que vou alcançá-los porque EU quero.

Vai ser um longo caminho. O cérebro humano é muito preguiçoso, habitua-se a rotinas e é difícil contrariá-lo. Vai sempre mandar-me pelo caminho mais fácil, pelo caminho que já conhece mas eu vou contrariá-lo e vou ser FELIZ.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Austeridade


Eu só queria que 2012 acabasse e que começasse um novo ano que trouxesse esperança e alguma paz.
Agora temo que 2013 seja bem pior.

Não me quero entregar a tristezas, quero levantar a cabeça e lutar mas cada dia que passa tiram-me uma arma; cada dia que passa puxam-me o tapete debaixo dos pés e lá ando eu aos trambolhões.

Para já, acabou-se o ginásio e a terapia  (correr na rua ainda não se paga e revitaliza corpo e mente) e vamos mesmo dedicar-nos à produção dos nossos legumes. Pelo menos fome não passamos.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Quem me conhece sabe que não acredito em Deus e que não sou católica.
Até aqui nunca tinha percebido bem o significado da palavra fé nem porque é que os mais velhos desejam sempre "saudinha".
Até que, infelizmente, a situação em que se encontra a minha família me fez precisar de ir buscar forças a algum lado. As más notícias chegam umas atras das outras e os sorrisos faltam-nos nos rostos aos poucos.
Hoje rendi-me ao Sto. António, sempre significou qualquer coisa para mim e hoje pedi-lhe ajuda. Fiquei lá com ele, onde dizem que nasceu, só os dois sem palavras.
Por isso, fé é o que me resta. A certeza que tudo vai passar e que melhores dias virão.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Off the Record


Creio que já falei aqui da empresa do Pedro, A Lisbon Off the Record mostra tudo o que um turista quer realmente ver! Os restaurantes, os bares, as praias que nós vamos e não as que vêm no guia turístico "para inglês ver", sem esquecer a nossa riqueza, a nossa história, as nossas ruas estreitinhas, os nossos monumentos.

Se têm família/amigos/colegas que vêm em breve a Lisboa, recomendem!

Tenho a certeza que não se vão arrepender. Usem e abusem do link, partilhem, façam like, comentem...
Vamos mostrar Lisboa como ela realmente é: Linda! :)

sábado, 1 de setembro de 2012

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Aí vamos nós!


Gosto da Praia Grande com este espírito "surfista".
Só espero não ficar outra vez à beira da morte com areia até aos pulmões ...

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Erros tecnológicos


O post anterior é obviamente de ontem, foi feito através do telemóvel e é claro que naquele paraíso não havia rede. O post ficou "pendurado" e só hoje de manhã quando abri a aplicação é que foi publicado.

Explicações à parte, recomendo-vos vivamente um passeio pelo Zêzere!
Descobrimos esta praia fluvial deserta num Domingo em pleno Agosto.
Acho que não preciso de dizer mais nada ...

Vista ao acordar

A nossa praia "privada"
Finalmente, alguma paz.
Bom fim de semana :)

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Passeio!

Finalmente!
A partir de amanhã andarei a laurear a pevide e espero ainda ter tempo para parar um bocadinho por aqui...

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Meet Margarida

E pronto. Apresento-vos o mais recente membro da família.
É um doce, obediente, brincalhona e dorminhoca.
Estamos felizes :)

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

AMEI!!!

Vejam! A sério!

No Daisy :(


A Daisy é a coisa mais linda que eu já vi. Ontem, assim que entrei na casa onde está, "abraçou-se" a mim! Durante a visita percebemos que é arraçada de Leão da Rodésia, uma raça que era usada em África para caçar leões, ou seja, tem o instinto de atacar felinos. Como tenho dois gatos, não é aconselhável juntá-los, porque o seu comportamento seria imprevisível! Além de que são de porte grande (mesmo grande!) e comem o equivalente a uma pequena fortuna por mês.

Partiu-me o coração não a poder trazer mas entretanto andava aos pulos atrás de nós uma bebé de dois meses (aparentemente Golden Retriever cruzada com Labrador) muito simpática e beijoqueira.
Ainda não tem nome, estava numa casa presa aos pés de uma cama e os donos não tinham condições para a alimentar. Será que é esta que vai parar lá a casa? :)

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Girl Power!!!


Ontem não vi a cerimónia dos Jogos Olímpicos até ao fim e, obviously, perdi as Spice Girls.
Já virei o you tube do avesso e nada de video!...
Alguém já viu que possa partilhar? pleeeease!


Ah, e já agora, alguém dá uma murraça na cara da Victoria para ver se ela tira aquelas trombas?
Coitado do David se é aquilo que tem de aturar todos os dias!

Crato

Macacos me mordam se eu não vou ver Buraka ao Crato este ano!

domingo, 12 de agosto de 2012

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

quinta-feira, 9 de agosto de 2012


O meu chefe acha que uma pessoa com 600.000€ não vai a lado nenhum.
Try me ...

Chocolate

Ontem ao fim do dia recebemos a notícia. O Chocolate foi entregue a outra pessoa.
Quem o entregou não sabia que o cão estava "reservado".
Estamos tristes... por isso se souberem de algum fofinho que precise de uma casa, avisem...

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Até amanhã

Está quase na hora. Hoje vou fugir daqui e dar um bom mergulho antes de ir para casa.